Saiba tudo sobre alimentação de roedores!

Os hamsters e porquinhos-da-índia têm necessidades alimentares diferentes

 

Porquinho-da-índia e hamster são os roedores favoritos para se ter em casa! Escolhidos por muitos como pets, esses bichinhos são uma fofura e têm características e cuidados especiais, e a alimentação é uma delas.

 

Legumes? Sementes? Ração? Que alimentos esses pets podem comer? É o que você vai conferir neste conteúdo da Manchester!

 

Cada roedor tem sua necessidade!

 

Primeiro, é importante ressaltar que cada espécie se comporta de uma forma diferente e também precisam de uma alimentação diferente.

 

Os porquinhos-da-índia são maiores e têm mais necessidades diferentes. Os hamsters, menores, são afeitos aos vegetais. 

 

Ambos têm uma tendência a engordar rápido. Por isso, vamos saber um pouco mais sobre cada um deles!

 

Alimentação de hamsters

 

Os hamsters são os roedores pequenininhos, que não têm cauda e são bem bochechudos - na verdade, são vistos assim porque estocam comida dentro da boca.

 

A ração é o melhor ponto de partida para as necessidades nutricionais do hamster. Procure sempre rações de marcas de qualidade, elaboradas com o máximo de alimentos naturais.

 

Assim, todos os nutrientes básicos serão oferecidos para os hamsters.

 

Os alimentos naturais são altamente recomendados para complementar a dieta dos hamsters.

 

Frutas e vegetais são uma ótima forma de oferecer vitaminas. A dica é evitar os alimentos com alto índice de gordura ou acidez. Por isso, não ofereça laranja, limão e abacate.

 

Os hamsters também não devem comer vegetais ricos em água (como a melancia), pois podem causar diarreia.

 

As melhores opções são: maçã, pêra, morango, cenoura, brócolis e chicória.

 

Grãos são frequentemente oferecidos para os hamsters. Fique atento: muitas vezes esses alimentos já estão na ração, por isso não exagere. As sementes de girassol são adoradas pelos bichos - mas não ofereça em excesso, pois têm bastante gordura.

 

O feno também é muito comum na alimentação do roedor - funciona bem como um petisco.

 

E não se esqueça da água - sempre filtrada e sem cloro.

 

Alimentação de porquinho-da-índia

 

Os porquinhos-da-índia têm como característica serem roedores bem maiores, mais fortes e que precisam de mais espaço.

 

Esses roedores têm uma necessidade de suplementação de vitamina C - são bichos que podem, facilmente, desenvolver escorbuto. A melhor forma de oferecer esse nutriente é com a ração já suplementada - como a Ração Natural Super Premium da Nutrópica.

 

A vitamina C também pode ser encontrada em alimentos naturais, como a laranja e a abóbora. Mas tome cuidado com os alimentos ácidos em excesso.

 

Frutas, legumes e verduras recomendados são: banana, maçã, melão, abobrinha, cenoura, espinafre e rúcula.

 

O feno também é muito comum na alimentação dos porquinhos-da-índia. Esse alimento é nutritivo, contendo fibras que ajudam no funcionamento do intestino dos bichinhos.

 

Já no que se refere às sementes, atenção para uma diferença importante: esses alimentos não fazem parte da alimentação básica dos porquinhos, diferentemente dos hamsters. Portanto, evite!

 

Antes de terminar, uma informação importante: embora haja algumas semelhanças, os coelhos não são roedores! Uma das diferenças está relacionada à alimentação: os lagomorfos (coelhos e lebres) contam com 4 dentes incisivos na mandíbula superior - os roedores só têm 2. Em breve vamos falar sobre alimentação de coelhos também!

 

Pronto! Agora você já sabe tudo sobre os roedores e como alimentá-los corretamente. Para conferir as melhores opções de rações e petiscos para porquinhos-da-índia e hamsters, acesse o site da Manchester!